Com a maioria das decisões do programa tomadas, por estes dias preocupamo-nos sobretudo com o roadbook e com os percursos da 6ª Expedição ao Montado
Esta edição da "Expedição" tornou-se num desafio particularmente interessante por vários motivos.

 Apesar de conhecermos suficientemente bem a região para termos a confiança necessária para organizar um passeio com todos os detalhes e exigências das nossas "Expedições" a verdade é que temos tido algumas surpresas interessantes em termos de caminhos, de paisagens e de possíveis locais de visita para esta ou futuras edições, e por isso esta incursão pelo Alto Alentejo promete ser fantástica.

Falando-vos hoje do 1º dia, as surpresas que referi atrás levaram-nos a aumentar a quilometragem prevista em cerca de 10 quilómetros, reduzindo ainda assim a distância feita em estradas de alcatrão.  A solução encontrada, vai levar-nos por uma zona de floresta bastante mais interessante que a inicialmente estudada, com alguns locais que serão merecedores de uma paragem para uma "selfie". 

O aumento da distância a percorrer não se deverá refletir muito nos tempos da viagem e no programa, precisando apenas de pequenos ajustes.  Afinal,  a tipologia das estradas mantêm-se sem qualquer modificação, o que significa que os SUV e Crossover que possam vir a participar não terão qualquer problema em “ir de fio a pavio”.  Para o pessoal dos 4x4, o aumento da distância percorrida em estradas de terra é de certeza um "bónus" bem-vindo.

A tarde de dia 29 vai ser bastante recheada começando em Avis. Segue-se depois a viagem até Alter, que poderemos fazer a um ritmo tranquilo mas "ligeirinho" pois as estradas assim o permitem. Estamos em crer que os condutores, "navegadores" e demais ocupantes das viaturas participantes irão gostar muito desta viagem, com atividade para todos eles:  Os condutores podem disfrutar do carro em estradas que são de condução muito agradável.  Os navegadores terão um roadbook completo, com "sabor a competição" que os irá manter ocupados e atentos. Os demais serão os que melhor poderão apreciar a magnífica paisagem dos municípios que vamos atravessar e ir registando os momentos do dia. No final, uma saborosa refeição esperará por nós no “Convento d’Alter”.

Falta-nos ainda  garantir a colaboração do São Pedro, mas estamos em crer que ele nestes dias vai nos presentar não só com uma paisagem fantástica coberta com a magia da primavera, como nos vai enviar doses generosas de sol e algum calor para podermos andar de manga curta e ir assistir ao por do sol a partir das ruinas do castelo no topo da colina de Alter Pedroso.

A lista de inscritos já está a crescer, o que é mais um incentivo para colocarmos mais uma grande edição do passeio na estrada. Falta você. Venha connosco. Se tem receio porque acha que o seu carro se vai estragar, descanse. Eu sei que tudo quanto possa aqui dizer pode ter o efeito contrário, mas se não vier uma vez nunca vai saber como é. 

Mas deixo aqui alguns avisos: O primeiro é que isto vicia! Faz-nos querer ir mais longe, a locais onde nunca fomos e mesmo a alma mais recatada corre o risco de ser tornar num adepto desta modalidade.  O SUV e 4x4 permitem-nos aceder em segurança a muitos locais que outros carros não vão, e quem gostar minimamente da natureza, da história e de um pouco de aventura depois de participar na “Expedição” dará por si mais vezes em estradas de terra do que alguma vez suspeitou.

O segundo aviso tem  mais a ver com a dieta.  É que nestes passeios descobrimos verdadeiros tesouros da gastronomia  do nosso país. Depois do passeio não é fácil estar em casa a pensar que nesta ou naquela vila ou aldeia onde passámos se come uma especialidade que não existe em mais nenhum lugar.  Quando damos por isso lá vamos nós…  Eu próprio vivo com este dilema, a "Expedição ao Montado" foi a causadora da minha dependência do cozido em lume de chão. Logo eu que nem gosto de couves...  

É claro que gostaria muito que viesse connosco, mas tinha que lhe deixar estas duas chamadas de atenção.

Dentro de alguns dias voltaremos ao contacto com algumas novidades sobre o segundo dia do passeio.  

Até breve.

Hélder Custódio